Nav

sexta-feira, 12 de junho de 2015

RISE & SHINE





What if I let go of everything? Have you ever wished you didn't depend on the small pieces of paper we call money, no need for rules, schedules, no putting up with bosses in a bad mood, no holding back, forgetting society stereotypes, trends, the media, mass consumerism and so on.

Even if only for a moment. Sometimes, that moment is enough to change our lives.
It is important not to let our spirit grow old, not to forget the dreams, not to give up when life seems to place every obstacle along your way.
To be ambitious, is not to think that the ends justify the means.
To be daring, is not to run over anyone in our way.
To be brave, is not to throw ourselves on the line without measuring the consequences of our acts.
To be humble, is not to be weak, nor is it to be stupid.
To be happy, is not the last train stop, it is not a resort or an island in the middle of the pacific where everyone wants to live.
Happiness can be found in the little things of our everyday life, it is within us. Happiness is in the smile you receive from Mr Joaquim, the baker, in Mrs Maria's 'thank you' for carrying her groceries, in the professional success you achieved with your own effort and dedication. It is in the good that you practise every day, on the goals you trace for your life, on the journey you take to reach them. Happiness wears all the colours of the rainbow, it is the music you listen to, the movies you watch, the books you read. It is a night out with friends, a mother and son's embrace, a sunset on a deserted beach. Just you and nature.

The sun lighting up your face, the salted sea water in your hair, the immense blue, the sound of the sea waves, the wind you can't see but can feel, the sand tickling your feet, at last, magic happens. Happiness is telling you 'I am here'.


PT


E se eu largar tudo ? Nunca desejaram não depender de folhas de papel a que chamamos dinheiro, não precisarmos de regras, horários, aturar patrões mal dispostos, engolir sapos, viver dependentes de estereótipos, modas, mídia, consumismo de massas e por aí fora?



Nem que seja por um momento. Mas por vezes, esse momento basta, para mudar a nossa vida. É importante não envelhecermos o espírito, não esquecermos os sonhos, não baixarmos as armas quando a vida simplesmente parece estar cheia de pedras pelo caminho.

Sermos ambiciosos, não é não olhar a meios para atingir o que queremos.
Sermos audazes, não é atropelar quem estiver no nosso caminho.
Sermos corajosos, não é atirarmo-nos sempre de cabeça sem medir as consequências dos nossos atos.
Sermos humildes, não é sermos fracos, nem tão pouco sermos estúpidos.
Sermos felizes, não é a paragem final da linha do comboio, nem é um resort, nem uma ilha no meio do Pacifico que todos desejamos habitar.


A Felicidade está nas pequenas coisas do nosso dia-a-dia, está dentro de nós. A Felicidade está no sorriso que recebes do Sr. Joaquim da padaria, está no 'obrigada' da D. Maria por teres carregado as compras, está no sucesso profissional que alcançaste com o teu esforço e dedicação. Está no bem que praticas todos os dias, nas metas que traças para a tua vida, no caminho que percorres para alcança-las. A Felicidade veste-se de todas as cores, está na música que ouves, nos filmes que assistes, nos livros que lês. Está numa noitada entre amigos, está num abraço de mãe e filho, está num fim de tarde passado numa praia deserta. Só tu e a natureza.


O sol a iluminar-te a cara, o sal do mar no teu cabelo, o azul imenso, o som do rebentar das ondas, o vento que não vês, mas sentes, a textura da areia a fazer-te cócegas nos pés, por fim, faz-se magia. É a Felicidade a dizer-te 'Estou aqui'


















1 comentário :

i always wonder why birds choose to stay in the same place, when they can fly anywhere on the earth..then i ask myself the same question'
' She had no place she could go without getting tired of it and because there was nowhere to go but everywhere, keep rolling under the stars'